Publicidades
ATENÇÃO
As pessoas mostradas neste site são tratadas como suspeitas, sendo presumida sua inocência.
Conforme inciso LVII artigo 5º da constituição federal:
"Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória".

Alvorada D´Oeste

Polícia Civil indicia vereador Beto do Táxi por exigir dinheiro de funcionária da Câmara de Vereadores

Publicado em - 04/06/2013 - 16:15:39
300

O Alvonotícias apurando boatos que circulavam na cidade a respeito do envolvimento do Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Alvorada do Oeste, Vereador Beto do Táxi (PP),  em ato de corrupção e improbidade administrativa por ter exigido parte do salário da Diretora Administrativa e Financeira da Câmara Municipal, teve acesso exclusivo ao áudio da conversa que registra a conduta indecorosa do parlamentar(veja o vídeo abaixo).

Nos últimos dias, o Presidente Beto do Táxi, transformou a tribuna da Câmara em seu palco de defesa, tentando convencer os demais vereadores de que tudo não se passava de uma inverdade, chegando a atacar o Alvonotícias, ofendendo a liberdade de imprensa, assim como fez ataques diretos ao Diretor deste Sítio Eletrônico com palavras ofensivas à sua moral e honra, em razão dos recados postados por populares no mural do Site.

Na sessão do dia 06 de maio, Beto, não quis ler a apresentação da denúncia contra ele, alegando que a apresentação da matéria deveria ser dada em um prazo mínimo de 48 horas. Beto ainda se beneficiou da ordem da fala, pulando sua vez e falando por último o que foi precisamente observado pelo Vereador Cicero ao assumir a presidência da mesa naquele momento, que ainda assim lhe concedeu a palavra.

Através da denúncia apresentada por quatro partidos sendo eles PDT, PMDB, PMN e PTB, a Câmara de Vereadores de Alvorada deveria montar uma CPI no dia 13 de maio, para apurar a veracidade dos fatos e decidir o futuro do então presidente, sendo que esta foi arquivada após votação.(REVEJA O CASO) (VEJA VIDEO DA VOTAÇÃO)

 A mesma denúncia está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual, este foi o motivo alegado pelos vereadores que votaram para não investigar a denúncia contra Beto.

 

Beto do Táxi foi eleito presidente da Casa com o apoio explícito do Prefeito Raniery e do deputado estadual Luizinho do Devop, os quais são enredados na trama que envolve o Vereador Beto.

Na manhã desta quarta-feira (29), o Alvonoticias tomou conhecimento de que o vereador Beto do Taxi esteve na delegacia sendo ouvido. Em entrevista, o vereador disse que não quis se manifestar para o delegado e que está tranquilo e quer provar sua inocência perante o Poder Judiciário.

 

O Delegado Silvio Hiroshi Yamaguchi disse que o vereador foi indiciado pelo crime de CONCUSSÃO e que o inquérito policial está em fase final e em breve será encaminhado ao Poder Judiciário.

De acordo com o Código Penal, “CONCUSSÃO” é o ato de exigir para si ou para outrem, dinheiro ou vantagem em razão da função, direta ou indiretamente, ainda que fora da função, ou antes, de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida.

O crime é punido com pena de reclusão (prisão), que vai de dois a oito anos, e multa. Além disso, caso o vereador seja condenado, poderá perder o mandato eletivo. 

Matéria: alvonoticias
Fotos: alvonoticias

capa imagem 1

Veja também

Publicidades