Publicidades
ATENÇÃO
As pessoas mostradas neste site são tratadas como suspeitas, sendo presumida sua inocência.
Conforme inciso LVII artigo 5º da constituição federal:
"Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória".

Seringueiras

Polícia Civil e Militar deflagram operação “Nuvem de Gafanhotos” no Vale do Guaporé

Publicado em - 14/12/2016 - 14:34:29
2358

A Polícia Civil e Militar do Estado de Rondônia deflagraram na manhã desta quarta-feira (14/12) a Operação “Nuvem de Gafanhotos” com objetivo de cumprir nove mandados de prisão e 19 de busca e apreensão contra uma organização criminosa que se instalou na região do Vale do Guaporé. A ação é coordenada por Delegados de Alvorada do Oeste/RO, Seringueiras, Ji-Paraná, Jaru e Theobroma e conta com o apoio do Núcleo de Operações Aéreas (NOA).

De acordo com informações dos coordenadores desta ação, cerca de 100 policiais participam da Operação com o objetivo de acabar com o terrorismo causado pela organização criminosa contra a população da região, assim como contra os produtores locais. “Os grupos desta organização criminosa invadem as propriedades, destroem residências, executam os animais e destroem as produções agrícolas da região, ameaçando os produtores e provocando o caos nos municípios em que os grupos estão acampados, por isso a Polícia Civil esta realizando esta operação com intuito de combater as ações promovidas pelos integrantes desta organização criminosa e garantir a ordem e a paz no Vale do Guaporé”, explica um dos Delegados.

Os integrantes desta organização criminosa em suas últimas ações, tem apresentado um comportamento agressivo contra a população, assim como, sempre estão com armamentos de grosso calibre. Neste caso, os investigadores da Polícia Civil do Estado de Rondônia já identificaram alguns dos integrantes e os locais onde possivelmente é escondido os armamentos do grupo, por isso a operação visa cumprir os mandados de prisão e apreensão de armamentos e munições utilizadas nas ações do grupo contra a população.

O Delegado-Geral da Polícia Civil, Dr. Eliseu Muller, esta na região do Vale do Guaporé e acompanha de perto todo o trabalho realizado pelos policiais civis. “Esta ação era um anseio da população que reside nesta região, por isso a Polícia Civil iniciou os trabalhos investigativos e realizou esta intervenção para garantir a segurança das comunidades que residem nesta região, promovendo a paz e a qualidade de vida”, disse o Diretor.

Ainda de acordo com informações, 12 Delegados estão atuando na Operação “Nuvem de Gafanhotos” que já confirmaram a prisão de vários suspeitos, assim como, a apreensão de armas de fogo, objetos e instrumentos utilizados pelos grupos para intimidar a população da região do Vale do Guaporé.

“Nuvem de gafanhoto” é uma referência ao inseto  gafanhoto que em geral leva uma vida sossegada e solitária em campos arborizados e pastos, ou até em jardins. Porém, às vezes, eles se reproduzem tão rapidamente que formam um grupo imenso. Esse ajuntamento provoca uma mudança de comportamento desses animais: eles formam o que é chamado de “nuvem de gafanhotos” e voam por quilômetros. Quando param, cada gafanhoto é capaz de comer uma quantidade de alimento maior que seu próprio peso, e eles acabam por devastar as plantações rapidamente. Depois que a nuvem de gafanhotos se forma, é quase impossível controlá-la. Na prática esta organização criminosa  tem atuado como gafanhotos na região do Vale do Guaporé causando vários prejuízos as comunidades residentes na região.

Matéria: Arquivo Polícia Civil
Fotos: Arquivo Pol

capa

Veja também

Publicidades