Publicidades
ATENÇÃO
As pessoas mostradas neste site são tratadas como suspeitas, sendo presumida sua inocência.
Conforme inciso LVII artigo 5º da constituição federal:
"Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória".

Urupá

Em Urupá, mulher tenta suicídio ao cortar pulso e ingerir antisséptico animal

Publicado em - 19/01/2017 - 13:07:41
4610

A mulher recusou-se a se submeter ao procedimento de lavagem estomacal e disse não saber o motivo que a levou a tentar o suicídio.

Uma mulher de 39 anos, residente na zona rural do município de Urupá, tentou cometer suicídio na tarde desta segunda-feira (16) ao ingerir iodo de uso veterinário e, em seguida, cortar um dos pulsos. 

A Polícia Militar teria sido acionada ao hospital municipal, onde teria dado entrada uma mulher que havia tentado suicídio. Ao chegarem à unidade hospitalar, os policiais depararam-se com a vítima recebendo atendimento médico, embora se recusasse a se submeter ao procedimento de lavagem estomacal.

Ao ser indagada pelos policiais sobre o motivo que a levou a tentar tirar a própria vida, a sitiante respondeu que não sabia. Perguntado ao esposo da vítima, ele explicou que, ao chegar por volta das 11h em sua residência, a teria encontrado bem e, em seguida, teria saído para ir ao pasto de sua propriedade lidar com o gado.

Disse também que, ao retornar, encontrou sua esposa tentando ingerir iodo em um copo. Afirmou que interveio de imediato. Após o marido ter saído novamente, a vítima pegou outra vez o copo com iodo e ingeriu e em seguida cortou o pulso esquerdo, utilizando uma faca.

Aos policiais, o marido falou que sua esposa, antes do ocorrido, avisou que estava com vontade de visitar seu pai. No entanto, ele afirmou que o genitor da vítima já está falecido.

Matéria: gazetacentral
Fotos: ilustrativa

capa

Veja também

Publicidades