Publicidades
ATENÇÃO
As pessoas mostradas neste site são tratadas como suspeitas, sendo presumida sua inocência.
Conforme inciso LVII artigo 5º da constituição federal:
"Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória".

Ji-Paraná

Homem mata amásia e enterra corpo nos fundos da própria residência, em Ji-Paraná - VIDEO

Publicado em - 26/05/2017 - 17:56:47
2185

Na manhã desta sexta-feira, dia 26, o moto-taxista Airton José da Silva, de 53 anos de idade, foi preso acusado de ter assassinado a jovem Meyrylayny Barreto Haack, de 19 anos. O crime só foi descoberto porque a filha do mototaxista avisou a polícia e contou sobre o ocorrido.

De acordo com a Polícia, a filho do suspeito procurou a delegacia de polícia informando que seu pai havia matado uma pessoa e que o corpo estaria enterrado no quintal de sua residência, localizada na Rua Maracatiara (antiga T-20), entre as Rua Manoel Franco e Avenida Brasil, no 2º Distrito de Ji-Paraná.

Imediatamente, a Polícia Militar foi acionada e a Guarnição comandada pelo CB PM Soares, foi até ao local, confirmando a suspeita ao encontrar uma cova nos fundos da casa. Neste momento, o suspeito ligou novamente para sua filha e marcaram um encontro. Os PM’s foram até ao endereço combinado e o prendeu.

Airton José confessou o crime e ajudou a desenterrar o corpo. Segundo o seu depoimento, morava com a vítima há cerca de 05 meses e recentemente estavam acontecendo várias brigas por motivos banais. No último domingo, dia 21, começaram uma nova discussão e durante a briga a vítima acabou caindo, batendo a cabeça várias vezes no chão.

Airton ainda contou que ao perceber que sua amásia estava morta, decidiu enterrar o corpo para não se comprometer com a polícia.

Diante da situação, Airton recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia de polícia que investigará o crime.

Matéria: comando190
Fotos: comando190

capa

Veja também

Publicidades