Publicidades
ATENÇÃO
As pessoas mostradas neste site são tratadas como suspeitas, sendo presumida sua inocência.
Conforme inciso LVII artigo 5º da constituição federal:
"Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória".

Rondônia

Rondônia terá primeiro frigorífico industrial de pescados para exportação

Publicado em - 14/05/2013 - 13:22:06
263

 O primeiro frigorífico de peixes com tecnologia de ponta e voltado para a exportação em escala industrial será construído em Rondônia. A notícia foi confirmada pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes), Emerson Castro. A plantaindustrial deverá estar concluída até o final do ano que vem.

Na última sexta-feira (10), o secretário recebeu a visita dos diretores do Grupo Mar & Terra, que deverão iniciar, nos próximos meses, a construção desse importanteempreendimento para a piscicultura rondoniense. A obradeverá ter um custo de R$ 15 milhões. A expectativa é de geração de 150 empregos diretos, dentro da planta industrial, e mais de 1.5 mil empregos indiretos, relacionados aos produtores.

O projeto específico da planta frigorífica de Rondônia já está pronto e custou R$ 100 mil. Nele estão detalhados os aspectos do empreendimento, que terá capacidade para processamento de cerca de sete mil toneladas anuais de pescados, além de incorporar uma unidade farinheira e uma fábrica de rações.

Os diretores do Grupo Mar & Terra, Antonio Costa, Nicolas Landolt e Sylvio Santoro Filho, vieram até a Sedes para apresentar o projeto. Receberam do secretário Emerson Castro a confirmação do Governo da Cooperação, que mantém uma política de incentivos fiscais e outros benefícios para a atração de novas indústrias.

“O governador Confúcio Moura determinou que a piscicultura seja tratada com prioridade dentro do Governo da Cooperação e a confirmação da construção dessa moderna planta frigorífica, a primeira de grande porte no Estado, atenderá grande parte da demanda dos produtores de pescados de Rondônia”, afirma Emerson Castro.

MAR & TERRA – Este será o terceiro frigorífico da empresa Mar & Terra, que já possui unidades nos estados do Mato Grosso do Sul e São Paulo. “Esta será uma indústria moderna, com alta tecnologia, para agregar valor ao produto de Rondônia, que possui peixes de alta qualidade e volume de produção, em especial do tambaqui, pirarucu e pintado”, avalia Sylvio Santoro.

O projeto prevê a produção de peixes no formato de fingers, nuggets e hamburguers congelados e de polpa de peixe congelada, em bandejas destinadas para as gôndolas das grandes redes de supermercados, tanto para o mercado brasileiro, como para o mercado dos Estados Unidos, onde já estápresente.

“Hoje exportamos filés congelados de tilápia para os Estados Unidos, nosso principal mercado externo, e para outros países como Alemanha, França e Suíça”, diz Santoro. “Da unidade de Rondônia, a Mar & Terra irá exportar a carne do pirarucu, do tambaqui e do pintado, com bandejas especiais e alto valor agregado”, informa.

A empresa, que já possui um moderno laboratório de alevinos de pirarucu, em Pimenta Bueno, deverá ampliar a produção de alevinos no Estado. Atualmente, a Mar & Terra compra cerca de 70 toneladas de tambaquis de Rondônia por mês, para serem comercializados principalmente nas grandes redes de supermercados do sudeste. Com informações de Sandro André – Sedes.

Matéria: Correiopopular
Fotos: Correiopopular

capa imagem 1

Veja também

Publicidades